23 Fevereiro, 2024

CHEGA considera “ultrajante” que PSD saúde visita de Lula da Silva a Portugal

©Folha Nacional

O presidente do CHEGA considerou “ultrajante” que o PSD saúde “a presença de Lula da Silva no dia 25 de Abril em Portugal”, depois dos sociais-democratas terem hoje criticado o presidente brasileiro sobre a guerra na Ucrânia.

“É ultrajante ver um partido que deveria liderar o centro-direita dizer que saúda a presença de Lula da Silva no dia 25 de Abril, em Portugal, no dia da conquista democrática”, disse André Ventura num vídeo enviado pelo CHEGA às redações.

No vídeo, o presidente do CHEGA confirmou que o partido vai “mesmo organizar a maior manifestação de sempre contra um dignatário estrangeiro em Portugal”, mobilizando “portugueses e brasileiros, todos os que se quiserem juntar, para mostrar que o centro-direita e a direita portuguesa não são o PSD, não são este PSD”.

O presidente do CHEGA defendeu que Lula da Silva deve ser condenado pela “proximidade com a Rússia”, pela “incapacidade de ver o sofrimento do povo ucraniano”, pela “sua proximidade à China”, pela “hesitação em condenar as ditaduras sul-americanas” e pela “corrupção”, apesar das decisões que condenaram o presidente brasileiro nesse âmbito terem sido anuladas devido a erros e irregularidades processuais.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados