24 Maio, 2024

Novo máximo histórico nacional de precipitação registado na Madeira devido a depressão Óscar

© D.R.

A ilha da Madeira registou no início da semana um valor máximo histórico de precipitação a nível nacional, durante a passagem da depressão Óscar pela região, divulgou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, numa nota publicada na página da Internet, o novo extremo absoluto diário da precipitação nacional é agora de 497,5 milímetros, sendo que o anterior máximo era de 346,8 milímetros, registado em 08 de abril de 2008.

“Até ao meio da tarde de dia 06 [terça-feira] foi registada precipitação forte e persistente, por vezes acompanhada de trovoada, visibilidade reduzida e vento forte do quadrante sul (as maiores rajadas foram da ordem de 100 km/h, nas terras altas e 80 km/h nas regiões costeiras), com maior impacto nas vertentes sul e nas terras altas da ilha da Madeira”, descreve o IPMA.

A costa sul e as regiões montanhosas da ilha da Madeira estiveram sob aviso vermelho entre as 15:00 de segunda-feira e as 15:00 de terça-feira, devido à chuva forte e persistente por causa da passagem da depressão Óscar.

O mau tempo provocou 95 desalojados, levou ao encerramento da atividade letiva na terça-feira e de diversos serviços públicos e privados e condicionou o movimento no aeroporto da Madeira, com o cancelamento de dezenas de voos, tendo afetado milhares de passageiros.

O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira reportou mais de 160 ocorrências, sobretudo relacionadas com deslizamentos, quedas de árvores e inundações, que mobilizaram 168 meios e 436 operacionais.

Na terça-feira, durante uma conferência de imprensa, o delegado regional do IPMA, Victor Prior, indicou que o limite do aviso vermelho – 60 mm/6 horas (60 litros por metro quadrado em seis horas) tinha sido “largamente ultrapassado” durante o temporal.

“Foram registados 180 mm no Chão do Areeiro [serra sobranceira ao Funchal] em seis horas, foi três vezes mais”, disse na altura, explicando que nas regiões montanhosas a precipitação atingiu em acumulado de 600 mm em 24 horas, o maior valor desde que há registo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados