23 Abril, 2024

Programa de Capacitação de Agricultores com 2 milhões em formação

© D.R.

O Programa de Capacitação dos Agricultores para Desempenho Sustentável das Explorações, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), deverá chegar a 2.000 explorações açorianas até 2025, com uma dotação de 2,1 milhões de euros, foi hoje anunciado.

Segundo uma nota de imprensa publicada no ‘site’ do Governo dos Açores, a informação foi avançada pelo secretário regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, no Pico, onde acrescentou que o executivo (PSD/CDS-PP/PPM) está a colocar “em marcha” o programa, que será executado “até final de 2025”.

António Ventura, citado na nota, explicou que esta medida prevê “um conjunto alargado e diverso de ações de transferência de conhecimentos e de informação” para capacitar e aconselhar os produtores e trabalhadores agrícolas nas principais fileiras agrícolas regionais e deverá atingir “2.000 explorações agrícolas até 2025”.

“O Serviço de Desenvolvimento Agrário da Ilha do Pico é o primeiro a avançar com esta ação, neste caso em concreto, com uma formação de ‘Introdução à Vitivinicultura'”, que tem início hoje e decorre até 21 de julho, na Madalena, adiantou o governante.

E, “até dezembro, irão decorrer formações de diversas temáticas, de acordo com as necessidades de formação dos agricultores em cada uma das ilhas”, acrescentou.

De acordo com António Ventura, “estas ações vão focar-se na especificidade da produção agrícola de cada ilha, no âmbito da gestão eficiente e sustentável das explorações agrícolas em termos económicos, sociais, ambientais, climáticos, de bem-estar animal, de saúde pública e de eficiência na utilização dos recursos”.

O secretário regional adiantou que, para 2023, estão alocados 250 mil euros para esta medida, sendo que os Serviços de Desenvolvimento Agrário do arquipélago já identificaram as necessidades nas suas ilhas e fundamentaram propostas de planos de intervenção em formação profissional, num total de 58 ações de formação e num investimento de 108 mil euros.

Além destas formações, indicou António Ventura, a Direção Regional da Agricultura, a entidade formadora certificada e a responsável pela aplicação desta medida, prevê ainda “o desenvolvimento de diversas ações externas até ao final do ano, quer para produtores, como para os técnicos que dão apoio à produção”.

O Programa de Capacitação dos Agricultores e de Promoção da Literacia em Produção e Consumo Sustentáveis é uma medida do Relançamento Económico da Agricultura Açoriana, no âmbito do PRR, com enfoque na promoção da convergência económica e da resiliência das economias.

O objetivo é assegurar “o crescimento sustentável de longo prazo e para responder aos desafios da dupla transição para uma sociedade mais ecológica e digital”, lê-se na nota de imprensa.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados