24 Abril, 2024

Cerca de 60 concelhos de oito distritos em perigo máximo de incêndio

© D.R.

Cerca de 60 concelhos de oito distritos do interior Norte e Centro, Alto Alentejo e do Algarve estão hoje em perigo máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, estão em perigo máximo 58 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Aveiro, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Faro.

Com perigo muito elevado estão cerca de 90 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Lisboa, Santarém, Leiria, Coimbra, Guarda, Portalegre, Viseu Aveiro, Vila Real e Porto.

O IPMA colocou ainda em perigo elevado de incêndio mais de 40 municípios dos distritos de Braga, Porto, Vila Real, Aveiro, Coimbra, Leiria, Setúbal, Santarém e Portalegre, além de toda a região do Alentejo e de quatro municípios algarvios.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Desde o início do ano, as mais de 5.176 ocorrências de fogo já afetaram mais de 10.545 hectares de espaços rurais.

O IPMA prevê para hoje no continente uma pequena subida da temperatura mínima no litoral oeste e a manutenção do vento por vezes forte no litoral oeste a sul do Cabo Raso e nas terras altas que fez a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) lançar no domingo um aviso à população, devido ao agravamento do risco de incêndio rural, apelando para que sejam tomadas medidas preventivas.

Quanto às temperaturas, as mínimas vão oscilar hoje entre os 13º Celsius (Guarda) e os 20ºC (Faro) e as máximas entre os 24ºC (Braga e Porto) e os 36ºC (Faro, Évora e Castelo Branco).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados