22 Julho, 2024

SNS, Só Nossa Senhora

Depois de ouvir o nosso ex Primeiro Ministro, AC, Antes de Costas, fiquei de facto preocupado. Nem sei porque se queixam as pessoas.

Temos o melhor SNS, está tudo bem e a correr bem, nem os tais 200 Centros de Saúde que obriguei a estar abertos, para nada, pois as pessoas não vão lá porque não confiam nas condições destes Centro que não tem mais valias, parece que só menos valias, para concluir que o acesso às mesmas até diminuiu. Valha-me Deus. Fico admirado que o AC, não tenha usado esta mesma ideia peregrina, quando o gasóleo estava a 1,70 o litro, brindar-nos com a frase “Não falta Gasóleo” , até esperava esta frase ontem “ Não faltam Centro de Saúde” abertos…

Por isso me apetece dizer Só Nossa Senhora, SNS.

Assim e nas palavras de AC, não só está tudo bem, como deixo o país melhor, muito melhor do que o encontrei.

Professoras a menos, mas o País muito melhor.

Pisa uma desgraça, mas o País muito melhor.

SNS um caos com 33 Urgências fechadas, mas o País muito melhor.

TAP a ser privatizada depois de ser nacionalizada, mas o País muito melhor.

 Indemnizações em saldo, mas o País muito melhor.

 Sem aeroporto, mas o País muito melhor.

Gastamos 3.600 Milhões de euros na TAP, mas o País muito melhor.

Até porrada houve no Ministério de Galamba, mas o País muito melhor.

Desemprego a subir, mas o País muito melhor.

Maior carga fiscal de sempre, pior que na troika, mas o País muito melhor.

Cortei os salários aos trabalhadores da TAP, mas o País muito melhor.

A emigração sempre a aumentar nos jovens, mas o País muito melhor.

Imigração descontrolada, mas o País muito melhor.

Eu é que pedi a exoneração, mas o País muito melhor.

Deixo como meu substituto o PNS, mas o País muito melhor.

Saio porque já não aguento mais problemas que não resolvi, mas o País muito melhor.

Aqui o senhor AC, tem razão. Mais vale assim do que pior. Abre a possibilidade de eleições Legislativas, com a garantia de mais uma festa, mais uma campanha, mais um desviar de assuntos graves e problemas gravíssimos que não foram resolvidos, mas agora estamos em pré campanha e eu estou fora, assim como a responsabilidade já não é minha.

“Final mente”, livre. A partir de hoje serei um crítico de qualquer problema que surja pois eu deixei o país com maioria absoluta, pedi a exoneração ao comentador e fui embora. Vou sair deste pantanal de ingratos e de corrupção, sem qualquer responsabilidade neste últimos anos que governei pois não é minha mas da pandemia, das guerras, dos passos dos cavacos, pois tinha uma equipa de verdugos, honestos, trabalhadores e lutadores, mas não nos deixaram trabalhar, a maioria absoluta faz mal ao país. Dou assim oportunidade a mim de ir para outro lado, melhor, deixar o país para os mais novos, para quem tem barbas ou para quem ganhar as próximas eleições, sejam eles quem for…menos o Chega. Aviso já que não admito que me atribuam as culpas da grande vitória que o Chega vai ter, pois não as tenho e tudo fiz com a ajuda da CS, para os desacreditar. Eu sempre fui honesto, trabalhador e contra a direita capitalista, pois nem conta tenho ou casas em meu nome e dinheiro para pagar IMIs, alegadamente. Estas dúvidas surgiram na rádio alcatifa logo depois de ouvir o senhor PM, AC. Mas não estão confirmadas.

Fica aqui uma breve descrição de todas as melhorias que o nosso primeiro deixou depois de pedir a sua exoneração a que tem direito.

Desejo um feliz ano de 2024, a todas e a todos os portugueses,  nas suas casas que não contribuí, nas barracas que surgiram de novo em Lisboa, nos sem abrigo que aumentaram, e ainda deixo um calor humano para todos os lares pois com o preço da energia não posso deixar um cheque aquecimento para todas e todos, pois já estou exonerado. Mas haja esperança, pois vamos ter um ano 2024, pior mas não tanto pior como alguns por aí falam.

Vamos estar todos melhor, deixo um país com muita paz e luz, pazes para trabalharem e luzes para pagarem.

Desejo muitas felicidades ao meu sucessor, seja ele quem for, pois fica tudo limpo, limpo mesmo.

NOTA: Deixo assinado um decreto de lei a proibir o uso da palavra chega. Já chega, de tudo até do chega. Chega de me chatear passará a CH de me Chatear.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados