16 Junho, 2024

Vereador da CML Ângelo Pereira constituído arguido no processo Tutti Frutti

O vereador da Câmara Municipal de Lisboa (CML) e presidente da distrital lisboeta do PSD Ângelo Pereira foi constituído arguido no caso Tutti Frutti, confirmou hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

© Facebook de Ângelo Pereira

A informação foi avançada ao início da tarde pela CNN Portugal, que revelou que Ângelo Pereira terá estado já a consultar o processo no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.A Lusa contactou a CML para obter esclarecimentos sobre esta matéria, mas até ao momento ainda não foi possível obter uma resposta da autarquia.

A operação batizada de “Tutti Frutti” investiga desde 2018 alegados favorecimentos a militantes do PS e do PSD, através de avenças e contratos públicos, estando em causa suspeitas de corrupção passiva, tráfico de influência, participação económica em negócio e financiamento proibido.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados