22 Junho, 2024

Aveiro comemora a Festa Arte Nova a partir de sábado

A Câmara de Aveiro vai celebrar a Festa Arte Nova, a partir de sábado, com um conjunto de atividades que evocam este dia e realçam a presença desta corrente artística na cidade, informou hoje a autarquia.

©D.R.

“A efeméride, promovida pela Réseau Art Nouveau Network e envolvendo todos os membros da rede, comemora o espírito que preside ao movimento Arte Nova, nas suas diferentes manifestações e geografias”, refere uma nota camarária.

Além de entradas gratuitas no Museu Arte Nova, o programa da iniciativa, que decorre até ao dia 13, inclui duas instalações artísticas, uma exposição e diversos espetáculos, entre os quais o concerto “Paisagens Sonoras da Belle Époque” no sábado, às 18:00, nas janelas e fachada do Museu Arte Nova.

Neste recital, Samuel Marques e Vasyl Tsanko propõem ao público descobrir algumas das mais belas e elegantes melodias compostas na época da Arte Nova, com especial destaque para os países representados na Réseau Art Nouveau presentes em Aveiro.

No domingo, a companhia Coração nas Mãos apresenta no Rossio o espetáculo de Novo Circo “Chá das Cinco”, com sessões às 11:00 e 15:00, e à noite, pelas 21:30, no Rossio, a nova criação de Radar 360.º, “iLUMiNADOS”, vai reforçar o ato criativo das artes de rua com a utilização de candeeiros humanos, autónomos e espalhados por pontos estratégicos.

No dia 10 de junho, quando se assinala o Dia Mundial da Arte Nova, o coreto do Parque Infante D. Pedro irá acolher a instalação artística “Floratech”, do coletivo Persil Noir, que convida os participantes à conexão com a natureza, explorando a sua própria sensibilidade e criatividade. “Através da interação com as flores, os participantes poderão explorar a sua musicalidade, conectando-se com a arte”, refere a mesma nota.

A 11 de junho, pelas 21:30, a associação Plateia Protagonista irá apresentar “Ecos da Belle Époque”, uma gala de ópera focada nas óperas do período Arte Nova. A música dos grandes compositores deste período sobe ao palco situado no Mercado José Estêvão, num concerto comentado que, segundo a organização, promete ser “um excelente momento de fruição histórica e musical”.

A autarquia destaca ainda a inauguração, no dia 12, da exposição “A transformação da Natureza” no Museu Arte Nova, que resulta do convite lançado aos parceiros da Réseau Art Nouveau Network.

O programa termina no dia 13 com uma visita dialogada pelo património azulejar de Aveiro e com destaque para a produção e utilização de azulejos Arte Nova.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados