24 Maio, 2024

Proposta do CHEGA aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal de Leiria

© Folha Nacional

O deputado municipal do CHEGA em Leiria, Luís Paulo Fernandes, apresentou uma proposta de recomendação ao Executivo Municipal para que se efetuem diligências urgentes na defesa e prevenção da saúde pública. Em causa está o edifício da antiga Junta autónoma de estradas, DJAE, na freguesia de Marrazes.

O edifício, constituído por vários polos e armazéns, tem mais de 1000 metros quadrados e é um iminente perigo para a saúde pública devido à presença de amianto/fibrocimento. Este perigo é ainda maior na medida em que o edifício alberga, atualmente, os militares do destacamento de intervenção da GNR.

Na recomendação apresentada – e que foi aprovada por unanimidade – o deputado municipal do CHEGA alerta para o facto de estar “devidamente comprovada, por estudos, a relação causal entre a exposição ao amianto e vários riscos cancerígenos como, por exemplo o cancro nos pulmões”, razão pela qual não é admissível que os militares da GNR continuem a estar expostos a este tipo de fibras prejudiciais para a saúde.

Luís Paulo Fernandes refere ainda, na exposição do projeto, que o caso foi denunciado pelo CHEGA há mais de um ano, não sendo ainda, contudo, conhecidas medidas cautelares da parte do executivo.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados