14 Julho, 2024

Reforçada segurança nas celebrações do Natal na Alemanha e na Áustria

A segurança nas celebrações do Natal na Alemanha e na Áustria foi reforçada devido a preocupações com ataques de extremistas islâmicos, inclusive foram proibidas as visitas turísticas na catedral alemã de Colónia, informaram hoje as autoridades.

© DR

Na cidade alemã de Colónia vai haver também controlo de segurança para entrar hoje na missa da meia-noite, no entanto um alto funcionário da segurança pediu às pessoas que não evitem as celebrações do Natal por medo.

Os fiéis compareceram hoje a vários serviços religiosos na catedral de Colónia, mas as visitas de turistas foram proibidas, um dia depois de a polícia ter revistado o espaço com cães pisteiros, por ter indicações de um possível ataque.

Com várias dezenas de oficiais de serviço do lado de fora da catedral, o bispo auxiliar Rolf Steinhaeuser cumprimentou os participantes naquele que disse ser “provavelmente o serviço religioso mais seguro de toda a Alemanha”.

Na Áustria, a polícia disse que também foi reforçada a segurança junto das igrejas e dos mercados de Natal de Viena, aparentemente em resposta às mesmas informações sobre uma potencial ameaça, segundo a agência de notícias Associated Press (AP).

A polícia austríaca não deu mais informações, mas a agência de notícias German Press Agency adiantou, sem citar fonte, que a ameaça vinha de um grupo extremista islâmico.

A polícia de Colónia disse que estava a tomar precauções durante o Natal, embora a informação que possuía fosse sobre um ataque na véspera de Ano Novo.

“Mesmo que a referência fosse à passagem de ano, há muita gente na zona em redor da catedral, hoje é celebrada missa da véspera de Natal, à meia-noite, é uma das catedrais mais visitadas, e a principal estação ferroviária fica perto”, afirmou o porta-voz da polícia Wolfgang Baldes, em declarações aos jornalistas em frente à catedral de Colónia.

Numa uma entrevista ao ‘site’ da arquidiocese de Colónia – domradio.de –, o reitor da catedral Guido Assmann indicou que a suspensão das visitas turísticas não representou uma grande mudança, uma vez que tais visitas normalmente não são permitidas durante os momentos de culto, que estão agendados durante todo o dia de hoje.

A imponente catedral de Colónia, em que as torres gémeas se elevam a 157 metros (515 pés) de altura, é um importante destino turístico visitado por cerca de seis milhões de pessoas por ano. Também é o lar do Santuário dos Três Reis Magos, um caixão decorado com ouro e prata que supostamente contém as relíquias dos três reis magos descritos no Novo Testamento como uma homenagem ao recém-nascido Jesus.

A polícia e as autoridades da catedral pediram aos fiéis que planeiam assistir à missa hoje à noite que cheguem cedo e não tragam malas ou bolsas.

Ao mesmo tempo, o ministro do Interior do estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália, Herbert Reul, apelou aos cidadãos para não deixarem de ir à igreja e celebrar o Natal: “O medo é a moeda dos terroristas. Não deveríamos torná-lo mais valioso”.

“Aconselha-se cautela”, afirmou Herbert Reul, ressalvando, no entanto, que as necessárias medidas de segurança estão a ser implementadas.

“Não estamos indefesos. As nossas agências estão a usar todas as informações disponíveis para nos proteger da melhor forma possível”, reforçou o ministro do Interior do estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália.

Em 05 de dezembro, a comissária de Assuntos Internos da União Europeia, Ylva Johansson, alertou que a Europa enfrenta um “enorme risco de ataques terroristas” durante as férias de Natal devido às consequências da guerra entre Israel e o grupo islamita palestiniano Hamas.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados