18 Maio, 2024

Santos Silva cede à pressão do CHEGA e Lula já não discursa na sessão solene do 25 de Abril

Depois da conferência de líderes realizada na passada quarta-feira no Parlamento, e de toda a pressão feita pelo CHEGA e outros partidos para que o presidente brasileiro não discursasse na sessão solene do 25 de abril, Santos Silva recuou e Lula já não discursará nessa sessão.

“Agora que ouvi a conferência de líderes posso dizer que evidentemente nós teremos uma sessão solene de boas-vindas dedicada ao Presidente da República Federativa do Brasil. Agora, quanto à organização, à logística, às condições protocolares, isso é o meu trabalho e ainda temos mais de mês e meio à nossa frente”, afirmou.

O Presidente brasileiro, que realizará uma visita de Estado a Portugal em abril poderá estar presente na sessão comemorativa do 25 de Abril no Parlamento, mas não irá discursar nessa sessão, mas sim na sessão de boas-vindas que lhe será dedicada e que contará também com uma intervenção do presidente do Parlamento.

Por seu lado, o líder parlamentar do CHEGA referiu que o partido continua a ser “veementemente contra a vinda do Presidente Lula da Silva ao Parlamento português” e “durante as comemorações do 25 de Abril então, ainda mais”.

Pedro Pinto, líder da bancada parlamentar do CHEGA, referiu-se ainda ao “passado de Lula da Silva ligado à corrupção” e disse que “se há uma coisa que o 25 de Abril devia ter trazido era particularmente uma luta contra a corrupção”.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados