18 Maio, 2024

Mais de 338 mil deslocados em Gaza em cinco dias de guerra

O número de deslocados na Faixa de Gaza ultrapassou os 338 mil, aumentando assim para 75 mil pessoas o número de civis que fugiram das suas casas no território palestiniano em apenas um dia, informaram as Nações Unidas.

© D.R.

De acordo com o Gabinete de Coordenação da Ajuda Humanitária das Nações Unidas (OCHA), o número de refugiados tem vindo a aumentar e estes têm sido acolhidos em infraestruturas criadas para o efeito.

Do total de deslocados, 218.597 (65% do total) estão em 92 escolas da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (UNRWA), algumas das quais funcionam como abrigos temporários, enquanto quase 15.000 estão em escolas da Autoridade Palestiniana.

O Hamas, no poder na Faixa de Gaza desde 2007, lançou a 07 de outubro um ataque surpresa contra o território israelita, sob o nome de operação “Tempestade al-Aqsa”, com o lançamento de milhares de foguetes e a incursão de rebeldes armados por terra, mar e ar.

Em resposta, Israel bombardeou a partir do ar várias instalações do Hamas naquele território palestiniano, numa operação que batizou como “Espadas de Ferro”.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, declarou que o país está “em guerra” com o Hamas, que foi internacionalmente classificado como movimento terrorista não só por Israel, como pelos Estados Unidos e pela União Europeia (UE) e por outras nações.

Israel, que impôs um cerco total à Faixa de Gaza e cortou o abastecimento de água, combustível e eletricidade, confirmou mais de 1.200 mortos e 3.700 feridos desde o início da ofensiva do Hamas, apoiada pelo Hezbollah libanês e pelo ramo palestiniano da Jihad Islâmica.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados