19 Junho, 2024

Pedro Proença nomeado para presidente da Associação das Ligas Europeias

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), foi nomeado para presidir à Associação de Ligas Europeias, há dois anos gerida por uma Comissão Executiva, informou hoje a LPFP.

©Facebook/pedroproença

“Pedro Proença foi nomeado para assumir a presidência da Associação de Ligas Europeias (EL, na sigla inglesa), organismo que reúne 40 ligas profissionais, representando mais de mil clubes, provenientes de 34 países europeus”, lê-se no comunicado da LPFP.

De acordo com o organismo responsável pelas competições profissionais de futebol nacionais, a nomeação do antigo árbitro internacional, de 53 anos, vai ser ratificada na próxima Assembleia-Geral da EL, agendada para 30 de novembro.

“Após período de ponderada reflexão, informei os membros do ‘board of directors’ da minha disponibilidade para aceitar o convite que me foi dirigido para assumir o cargo de presidente da EL, decisão tomada após ter recebido a garantia, absolutamente imprescindível, de que o mesmo é compatível com o exercício do cargo de presidente da LPFP”, afirmou Proença, citado no mesmo comunicado.

O dirigente realçou ainda que esta nomeação “é a prova inequívoca do reconhecimento internacional do trabalho desenvolvido pelos clubes e pelo futebol profissional ao longo dos últimos anos, que colocou a LPFP no ‘board of directors’ da EL e em posição elegível para a presidência”.

A LPFP aponta como principais desafios de Proença na EL a estabilização da organização, a implementação do processo de revisão estatutária e a definição do perfil para a eleição do próximo presidente, em 2025, assim como colocar a agenda da organização no topo das prioridades.

Líder da LPFP desde julho de 2015, Proença assegurou que este cargo não vai impedir que conclua o seu terceiro mandato consecutivo.

“Não admitirei que a presidência da EL me faça desviar um milímetro do compromisso que, em junho deste ano, assumi com os clubes que compõem o futebol profissional e que subscreveram, por unanimidade, o programa eleitoral com que me apresentei para um novo mandato de quatro anos”, sublinhou o dirigente, que foi reeleito para um terceiro e último mandato em 01 de junho último.

Proença prometeu, ainda, continuar a “defesa intransigente da sustentabilidade e competitividade do futebol profissional”, propósito que apresentou quando chegou à liderança do organismo nacional.

Com sede em Nyon, na Suíça, a EL foi fundada em 06 de junho de 2005, então por 14 Ligas de países europeus.

O sueco Lars-Christer Olsson presidiu às Ligas Europeias até 26 de março de 2021, altura em que foram eleitos 13 membros para a ‘board’ do organismo, entre os quais Proença.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados