20 Junho, 2024

Direita radical vence na Áustria cumprindo as previsões

O Partido da Liberdade da Áustria (direita radical) venceu as eleições para o Parlamento Europeu (PE) no país com 27%, de acordo com as primeiras projeções divulgadas.

© Facebook da FPÖ

 

O Freiheitliche Partei Österreichs (FPÖ) venceu com 27%, segundo as primeiras projeções divulgadas pelo PE e em linha com o que as sondagens perspetivavam, o que lhe dará seis dos 20 lugares a que a Áustria tem direito no hemiciclo.

O FPÖ faz parte do grupo Identidade e Democracia (ID) no Parlamento Europeu, que agrega uma parte das forças políticas de direita radical dos países da União Europeia.

O Partido Popular Austríaco (Österreichische Volkspartei, ÖVP) foi o segundo mais votado com 23,50%, conquistando cinco lugares no PE para o Partido Popular Europeu (PPE).

O Partido Social-Democrata (Sozialdemokratische Partei Österreichs, SPÖ) elegeu também cinco eurodeputados para os Socialistas & Democratas (S&D).

Os Verdes – Alternativa Verde (Die Grünen – Die Grüne Alternative) conquistaram 10,50% dos votos e elegeram dois eurodeputados, o mesmo número que os liberais do NEOS – Das Neue Europa.

No total, cerca de 361 milhões de eleitores dos 27 países da UE foram chamados a escolher a composição do próximo Parlamento Europeu (PE), elegendo 720 eurodeputados, mais 15 que na legislatura anterior. A Portugal cabem 21 lugares no hemiciclo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados